PLASTICKY


FRENCH WOMEN DON’T GET FAT
14 de outubro de 2011, 3:36 PM
Filed under: Beleza | Tags: , , , ,

Tem muito, muito tempo mesmo, que eu ouvi alguém falar sobre esse livro. Tempos depois, li um post em algum blog o elogiando super, e, inclusive, contando algumas das dicas “preciosas” que a autora Mireille Guiliano passa. Enquanto comprava meu CD da Diane Birch no Amazon, vi ele ali na minha listinha-desejo e resolvi comprar. Chegou tem um tempo, mas foi só essa semana que eu consegui parar pra ler um pouco, o que já é um milagre pra mim (haha!).

Não, ele não vai fazer milagres. Disso eu já tenho certeza. Mas acho que é bem legal esse artifício de usar as mulheres francesas (quem nunca quis ser em alguma coisa como elas?) pra fazer a gente dar valor ao o que todos os nutricionistas do Brasil falam desde sempre e a gente nunca deu ouvidos.

(Imagens da linda, linda – e francesa! – Léa Seydoux, que integra o elenco de Meia-noite em Paris, de Woody Allen. Quem quiser saber mais sobre ela é só clicar aqui ou aqui)

Só li umas 20 páginas de umas 180, mas já tô bem convencida que toda mulher (quem dirá, todo homem) deveria ler esse livro pra aprender (de verdade!) a se relacionar com comida. Porque pelo que eu entendi até agora, esse “relacionamento” não é muito diferente dos que a gente tem na nossa vida. E podem ser tão complicados, obsessivos e desgastantes como podem ser agradáveis, felizes e saudáveis.

O trecho mais legal do que eu li até agora é esse aqui:

“In France, we don’t talk about “diets”, certainly not with strangers. But mainly we spend our social time talking about what we enjoy: feelings, family, hobbies, philosophy, politics, culture, and, yes, food, especially food (but never diets). French woman take pleasure in staying thin by eating well, while Americans typically see it as a conflict and obsess over it.”

Pra fazer todo mundo repensar um monte de coisa, né?



QUEREMOS SER CHLOÉ
9 de outubro de 2011, 10:39 AM
Filed under: Beleza, Desfiles | Tags: , , ,

Eu amo essa imagem fresca, de uma mulher independente, jovem, descontraída e muito feminina que a Chloé passa. Gosto do tanto que as roupas tem linhas perfeitas, caimentos impecáveis e tecidos que só de olhar já são deliciosos – imaginem o toque! E não é à toa que eu tenho uma foto, da beleza de um dos desfiles da marca, colada na lateral do espelho que eu tenho no meu guarda-roupa, junto com outras fotos que servem de inspiração.

Eu não tenho muita experiência prática com criação pra dizer, de antemão, que tipo de trabalho eu quero fazer. Mas me encanta – e muito! – o trabalho de estilistas que tem como objetivo principal contribuir com a imagem de uma mulher que quer se sentir super feminina e elegante, muitas vezes com simplicidade.  A beleza dos desfiles da Chloé é quase sempre incrível porque esse ideal de mulher também é muito incrível!

Aqui em cima, algumas imagens do backstage do desfile. A gente consegue dizer, só de olhar, que o segredo tá em cabelos com muito movimento e caimento leve + maquiagem leve e rosada, dando todo um ar de saúde e quase a sensação de nenhuma maquiagem!

Sobre o desfile, vale dizer que a estréia da estilista Clare Keller Waight na Chloé foi super bem-sucedida. A coleção foi leve, bonita, refrescante e a cartela de cores é incrível. Vale clicar aqui pra ver todas as fotos e se inspirar ainda mais nos moldes da marca pro verão – tá valendo a pena!